"Nunca deixo de ter em mente que o simples fato de existir já é divertido."


terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Conversando com o Professor do Amor

Já teve a sensação de que alguém foi ou é sua alma gêmea?

- Alma gêmea não é só uma? Contesta Juvenal
- siceramente? eu acredito que existem várias...

A primeira alma gêma que encontrei foi com uma pessoa totalmente desconhecida, estavamos em um evento, era um músico que se apresentava, olhei, admirei seus gestos e não tive dúvida, teria que ter uma forma de me aproximar, porque ali estava uma história para ser vivida.

A segunda vez foi com um tipo que encontrava todos os dias no mesmo lugar e na mesma hora, era lindo, loiro, rico, tinha cara de modelo e cabelo de anjo. Mandei uma, duas, três cartas, decidi que poderia até ser minha alma gêmea, mas que continuaria no anonimato.

A terceira vez foi mágico, aproximadamente a uns 9 anos, sei quase tudo da vida dele, e só agora que ele começou a se interar da minha.

- E agora Juvenal! será que esse angu vai dar caroço?

[ ]s
Eliana Guedes

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Mulher é "Artigo de Luxo"

Autor desconhecido, texto de internet

Uma mulher estava passando de carro por uma rua e ao parar no sinal de trânsito foi abordada por uma moradora de rua, muito suja e de péssima aparência, que pediu a ela dinheiro para comprar comida.

A mulher pegou a carteira da bolsa, tirou R$ 50 e perguntou:


- Se eu te der este dinheiro, você não vai sair com tuas amigas e gastar tudo?
- Que é isso, dona, eu não tenho amigas. Moro na rua.
- Você não vai sair aí pelas lojas gastando?
- Não, eu não entro em loja porque não deixam, quero só comprar comida.
- Você não vai usar para ir a um salão fazer cabelo e unhas?
- A senhora tá maluca? Faz uns vinte anos que não sei o que é salão.
- Não vou te dar o dinheiro. Entre aqui no carro que eu vou te levar para jantar comigo e meu marido esta noite.

A mendiga ficou pasma.


- Mas teu marido não vai ficar furioso com você? Eu não tomo banho faz muito tempo, estou suja e fedorenta.
- Não faz mal. Entre aí. Quero que ele veja como fica uma mulher quando ela não sai com as amigas para fazer compras ou ir ao salão.

[ ]s
Eliana Guedes

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Por quê você escreve?

Já tem mais de um par de semanas que gostaria de escrever este post, me faltou ânimo, nos últimos dias os efeitos da radioterapia foram mais complicados e delicados. Antes de começar quero agradecer a tantas e boas energias positivas, sinceramente se todas as pessoas agissem assim com todos que de alguma razão sofrerem, com toda certeza que tenho neste mundo "evidente que estão fazendo um mundo melhor". Nao há nada mais gostoso em um momento que você acha que tá sofrendo sozinha e abri o seu correio eletrônico e tá lá uma mensagem, um gesto de carinho, isso acabou de passar comigo e não faço nem idéia de quem seja essa pessoa, porque acabou de chegar na minha vida. Isso é que faz a diferença!

Muitos me questionam por quê escrevo, porque dou tanto detalhe a minha luta contra o câncer. Já ouvi comentários de todos os tipos. Alguns amigos dizem sentir deprimidos ao ler meus relatos, sentem que quero me fazer de vitíma e parece que quero fazer um espectáculo. Outros admiram a coragem e quantidade de particularidades que não imaginavam. Entre uma opinião e outra eu sempre continuo com mais ganas de escrever tudo porque sei de pessoas que estão na mesma situação que a minha e que encontra forças ao ler o que escrevo, que outra razão posso ter?

O objetivo do meu blog não era escrever sobre mim, sempre foi escrever de moda, porque é de moda que gosto de escrever. Não escolhi ter câncer, não busquei estar enferma. Busco mostrar as pessoas como é estar enferma, como é a luta diária de uma pessoa que faz quimioterapia e radioterapia. Que câncer é uma doença que chega sem avisar, não escolhe idade, raça, cor ou religião. E que apesar de tanto sofrimento ainda posso fazer o que gosto ESCREVER SOBRE MODA.

Tenho duas boas notícias:

1. Amanhã é a última radioterapia, e em 15 dias já estarei mais recuperada dos efeitos e farei apenas o acompanhamento médico como acontecem com todos que curam de câncer. A príncipio tenho que ir ao hematologista uma vez a cada três meses.

2. Em breve darei um depoimento sobre minha luta cotra o câncer em uma revista feminina no Brasil. Aguardem que contarei todos os detalhes.

Contínuem torcendo por mim. Estou sempre torcendo por vocês.
As pessoas que estão passando ou começando esta luta e que vem acompanhando meu blog, quero dizer "JAMAIS DESANIME, JAMAIS SUBSTIME A FORÇA QUE TEM DENTRO DE VOCÊ" quando tiver vontade de chorar, CHORE. Quando tiver vontade de gritar, GRITE. Quando tiver vontade de escrever, ESCREVA! Podem sempre contar com meu apoio e gratidão. Caso tenha dúvidas e deseja trocar figurinhas meu e-mail é elianaguedes@gmail.com .

[ ]s
Eliana Guedes

domingo, 10 de janeiro de 2010

SPFW Inverno 2010

O 28ª São Paulo Fashion Week, principal semana de moda do Brasil, acontece de 17 a 22 de janeiro no prédio da Bienal, em São Paulo. Enquanto isso a cidade maravilhosa, apresenta o seu 16º evento Fashion Rio, que começou no dia 8 e vai até 13 de janeiro de 2010, com localização na região do porto do Rio de Janeiro, no Píer Mauá.

Grifes de grande renome nacional e internacional continuam a participar dos eventos oficiais da moda brasileira, trazendo novos design, tecnologia, conforto e inovação, aliados à moda Inverno 2010.

Programação:

17 de Janeiro - Domingo
11h Cavalera
15h Osklen
16h Priscilla Darolt
17h Fause Haten
18h Mario Queiróz
20h15 Rosa Chá
21h30 Colcci

18 de Janeiro - Segunda-feira
10h Maria Bonita
12h30 Reinaldo Lourenço
15h Maria Garcia
17h Alexandre Herchcovitch (fem)
18h30 Cori
20h Forum Tufi Duek
21h30 Samuel Cirnansck

19 de Janeiro - Terça-feira
12h30 Iódice
15h Ronaldo Fraga
16h30 Simone Nunes
18h Fabia Bercsek
19h30 Ellus
21h Triton

20 de Janeiro - Quarta-feira
13h30 Gloria Coelho
15h Erika Ikezili
16h30 Amapô
18h Huis Clos
19h30 2nd Floor
21h Animale

21 de Janeiro - Quinta-feira
12h Alexandre Herchcovitch (masc)
15h Oestúdio
16h Jefferson Kulig
17h30 V.Rom
19h Neon
20h Wilson Ranieri
21h30 Lino Villaventura

22 de Janeiro - Sexta-feira
12h Isabela Capeto
15h Carlota Joakina
17h Reserva
18h30 Do Estilista
20h André Lima

[ ]s
Eliana Guedes

sábado, 9 de janeiro de 2010

Dicas de modelitos básicos e elegantes!!!




[ ]s
Eliana Guedes



sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Paciência... Paciência... Paciência...


Ás vezes tento disfarçar, tento colorir a vida, o dia, o momento. Busco não demostrar o medo e o frio que sinto. Tem dias que por mais que tento não posso ocultar. É mais forte, me domina. Além da indisposição fisíca e das moléstias da radioterapia, sinto uma dor que não tem remédio, não se cura com medicina. Uma dor no peito, um sufoco, uma agonia. Poderia dizer que é a parte amarga de viver ou o preço para continuar disfrutando a vida. Não sou do tipo negativa, não penso que a vida ou as coisas estão contra mim, tão pouco sou do tipo de pessoa encharcada de otimismo. Procuro as respostas de minhas mil e uma dúvidas, busco ser sempre feliz com o que sou e com o que tenho. O que não entendo é porque tenho que viver com tanto sofrimento e por tantos momentos torturantes, embora tenha cura e acreditar que estou na reta final, estou consciente que vai me restar muitas consequências. Digo uma coisa e que fique bem claro que não é egoismo, durante meus 31 anos não vi nada nem ninguém passar por tanto sofrimento como estou vivendo. Por quê?

Em alguns momentos tenho vergonha de mim mesma. Minha família, meus amigos e meus conhecidos falam sempre que sou forte, que sou um exemplo de superação. É uma responsabilidade e tanto. E sinto que não sou exemplo e muito menos forte. Confesso que quando terminei a quimioterapia passei por momentos alegres, estava satisfeita com os resultados e pouco a pouco me retornava a força, os sonhos e a alegria. Quando começei a radioterapia e vieram com elas os efeitos me voltaram as dúvidas. Sempre penso no que está por vim? O que vai ser amanhã? Estou sempre pendente...

Me faltam 8 sessões de radioterapia e cada dia é uma coisinha a mais. Um efeito. Uma consequência. E por mais que penso que nada será pior do que tudo o que passei ainda penso que o amanhã é um incógnito. Quando se fala de tratamento para o câncer nada é simples, se pode esperar muitas coisas. Os efeitos variam de paciente para paciente, independente de qualquer coisa, eles existem. Não há quimioterapia menos agressiva. Não há radioterapia que não tenha efeito colaterais. Que seja de imediato ou a longo prazo as consequências sempre existirão. É o veneno que cura. E como qualquer outro veneno sempre tem seu potencial para o bem e para o mal.

Continuo necessitada de força, de orações, de momentos que levam adiante, de gente, de família, de amigos. Embora já tenha muitos, preciso diáriamente de motivos para viver, razões para continuar lutando e manter meus sonhos e objetivos vivos.

Hoje vou explicar uma coisa, que sempre comentei com meus amigos. Vocês lembram do que eu dizia quando comia algo que tinha vontade? Vocês recordam de como eu dizia que era feliz com um simples pão na chapa e uma xícara de café com leite? Pois é... penso nisso agora. Por causa da radioterapia tenho uma alimentação bem restrita. Nada de sucos, refrescos ou refrigerantes. A única coisa que tomo é água morna. Água morna? sim.... água morna. Comida deve ser sempre a mais simples possível e de preferência que seja liquída ou triturada. Vou explicar porque, a radioterapia é no pescoço e parte da cabeça, onde os médicos detectaram as células geneticamente modificadas. A radioterapia nesta região causa a falta de saliva, de paladar, sufocos, dificuldades de ingerir alimentos. Sei que todo sofrimento é necessário e por está razão mesmo com tantas ganas de sair correndo tento manter a paciência.

Por enquanto vou exercitando a paciência, aprendendo a me suportar, a suportar as dores deste mundo e cantando com Jota Quest:

E eu vou esquecer de tudo
As dores do mundo
Não quero saber quem fui mas
sim quem sou
E eu vou esquecer de tudo
As dores do mundo
Só quero
saber do seu do nosso amor

[ ]s
Eliana Guedes

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Loucura.... loucura!!!!


Amanhã começam as famosas REBAJAS de inverno em Madrid. Imaginam descontos em roupas, sapatos, bolsas e acessórios. Isso sim é motivo de deixar qualquer mulher em estado de loucura. Depois do natal se prevê que os espanholes vão gastar em média 90 euros por pessoa nestas rebajas de janeiro, menos do que o ano passado, isto aumenta ainda mais as ofertas que chegam a ter desconto de 70%. Que loucura!!!

As rebajas é uma ótima época para comprar aquele vestido ou sapato que você ficou namorando o ano todo, mas que por motivos financeiros acabou não comprando. O importante neste momento é verificar a qualidade e se o produto está em bom estado.

Vale a pena economizar todo o ano para comprar nas rebajas de janeiro. Muitos turistas vêem a Europa nesta época justamente para compras e mudar o guarda-roupa. Vale a pena!!! Mas prepare-se para disputar peças de roupas, prepare-se para buscar o que deseja. Vá de tênis e uma roupa confortável. Imagine um grupo de mais de 100 mulheres loucas pelas rebajas.

Quem se atrevê?

[ ]s
Eliana Guedes

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Como Melhorar a aparência em mulheres tamanho G e GG


Não precisa desanimar ou entrar em depressão porque a maioria das tendências e publicidade de moda são direcionadas a mulheres com outro tipo de corpo. As mulheres tamanho G e GG também podem ficar tão chiques e refinadas como qualquer outra, basta seguir alguns conselhos e destacar o que tem de melhor.

Usar ou não usar capas: Se sempre usa camisas em cima ou abaixo de outras peças, deve parar de usar. Se a camisa é de abotoar e sempre usa como uma camisola ou capa o melhor é usar abotoada e incrementar o visual usando um cinto.

Acessórios: Você pode obter ótimos looks com acessórios, que seja um colar grande, um relógio fashion, um anel que ocupa uma boa parte de seu dedo ou brincos que se destacam. Um exemplo básico e super elegante é uma camisa branca de botão, jeans ou leggings e um acessórios grande e já estará pronta para arrasar.

Maquiagem: Um pouco de blush e batom sempre cai muito bem e faz a diferença. Alguns cosméticos podem adicionar um toque especial à sua aparência quando você está no trabalho, no happy-hour, em uma festa ou em um simples encontro com as amigas.


Busque gostar do seu corpo, transmita estar sempre de bem com a vida na forma de vestir. Tenha roupas que te caia bem, que seja elegante e confortável. Costumo dizer que o feio não é ser gorda ou magra. O feio é querer vestir tamanhos menores ou maior que o seu manequim. Seja feliz com o tamanho do seu corpo. Assuma os quilinhos a mais e use a moda a seu favor!!!

[ ]s
Eliana Guedes

domingo, 3 de janeiro de 2010

Desejos para 2010!!!

Poema de Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame,e que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer. E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim, mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos, que mesmo maus e inconseqüentes, sejam corajosos e fiéis, e que pelo menos num deles Você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha inimigos. Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes,você se interpele a respeito de suas próprias certezas. E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil, mas não insubstituível. E que nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais, e que sendo maduro, não insista em rejuvenescer, e que sendo velho, não se dedique ao desespero. Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia. Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra, com o máximo de urgência, acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato, alimente um cuco e ouça o joão-de-barro. Erguer triunfante o seu canto matinal, porque assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente, por mais minúscula que seja, e acompanhe o seu crescimento, para que você saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático. E que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga “Isso é meu”, só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você, mas que se morrer, você possa chorar sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem, tenha uma boa mulher, e que sendo mulher, tenha um bom homem e que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, e quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda haja amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer, não tenho mais nada a te desejar.


[ ]s
Eliana Guedes